Diversidade, inclusão, sustentabilidade e saúde são conceitos que o Instituto Acqua promove com suas iniciativas.

No sábado (18/11) e no domingo (19/11), será a vez do Sarau do Mundo, com muita música e poesia apresentadas por imigrantes e refugiados de vários países, a partir das 16h no Armazém da Cidade (r. Medeiros de Albuquerque, 270, Jardim das Bandeiras, São Paulo, SP).

Créditos: Divulgação

Canja Música Árabe

O evento, gratuito, se propõe a discutir a situação dos refugiados no Brasil e a diversidade cultural desses povos. Por meio de manifestações artísticas, os músicos e poetas irão expressar suas dificuldades e preocupações, dentro de uma realidade diferente da que estavam habituados antes de deixarem seus países.

Entre os artistas que farão exibições, está o Balett Fareta Sidibé, grupo de bailarinos, cantores e percussionistas originários da Guiné Conacri, na África Ocidental. Outro destaque será o cantor Yannick Delass, da República Democrática do Congo, que apresentará letras com forte cunho político e social.

Conheça os artistas que participam do sarau

Balett Fareta Sidibé: grupo de bailarinos, cantores e percussionistas originários da Guiné Conacri, na África Ocidental. Executam ritmos tradicionais como Yöky e Sorsonner e também transitam por estilos contemporâneos, como o reggae e o hip hop. A apresentação terá o estilo Djole, acompanhado pelas batidas dos djembés, do doundoun, do sangba, pelas cordas da Kora e pelo teclado de madeira do Balafón.

Canja Música Árabe: duo com vozes e cordas que interpreta o cancioneiro clássico árabe e a poesia de resistência palestina, com o cantor e compositor sírio Bassel Daoud.

Os Escolhidos: quarteto vocal formado por imigrantes e refugiados da República Democrática do Congo. O repertório, cantado à capela, inclui composições próprias e cantos tradicionais da África.

Jéssica Areias: nascida em Luanda, capital de Angola, a artista faz show de voz, violão e percussão, em composições próprias e repertório de música popular angolana.

Santa Mala: trio de hip hop latino formado pelas irmãs Abigail, Jenny e Pamela Llanque.

Créditos: Divulgação

Yannick Dellass

Yannick Delass: nasceu na República Democrática do Congo, é hoje cidadão de São Tomé e Príncipe e reside em São Paulo há um ano, depois de realizar projetos de intercâmbio em Minas Gerais e na Bahia, onde produziu dois CDs com músicos brasileiros. A presença de uma poesia de forte cunho político e social é marcante em seu trabalho.

Em paralelo às apresentações do Sarau do Mundo, será realizada a Feira Vegana, também com entrada gratuita, das 11h às 20h. Até agora, 16 produtores já confirmaram sua participação na feira. Eles comercializarão doces, queijos, patês, coxinha de jaca, quibe de amendoim, hambúrgueres e outros produtos livres de ingredientes de origem animal.

Dias 18 e 19 - Sarau do Mundo + Feira Vegana no Armazém da Cidade

Feira Vegana - das 11h às 20h nos dois dias;

Sarau do Mundo:

18 de novembro, sábado

16h - Os Escolhidos / 17h - Canja Música Árabe / 18h - Jéssica Areais

19 de novembro, domingo

16h - Ballet Fareta Sidibé / 18h - Yannick Delass

Confira algumas promoções que você encontrará entre os produtores da feira vegana. Não perca os descontos!

Ativador de Cachos 250g. com 10% de desconto

Leave In 300ml com 10% de desconto

Mini Kokedama com 50% de Desconto

Morrones Comida Vegetariana: Vegburger Tofu com Espinafre por apenas R$ 13

*O VilaMundo é uma iniciativa do Instituto Acqua em parceria com o Catraca Livre e a Cuponeria.

Sarau do Mundo e Feira Vegana do Instituto Acqua

18 Nov
a
19 Nov

Diariamente de 18 (Sáb) a 19/11 (Dom) das 11:00 às 20:00 

Armazém da Cidade
Rua Medeiros de Albuquerque, 270 Jardim das Bandeiras São Paulo - SP
Estação Fradique Coutinho (Metrô - Linha 4 Amarela)