O Grupo Tapa apresenta três peças durante o Festival Que Absurdo! no Teatro Aliança Francesa (r. General Jardim 182, Vila Buarque; 11-3572-2379). E absurdo de bom, também, é o desconto que o VilaMundo oferece para você assistir a esses espetáculos: 40% no valor do ingresso.

Créditos: Divulgação

"As Criadas"

"As Criadas", clássico da dramaturgia francesa escrito por Jean Genet, estreou em 12/01 e fica em cartaz até 04/02, às sextas e aos sábados, às 20h30, e aos domingos, às 19h.

O espetáculo, com direção de Eduardo Tolentino de Araujo, conta com as atrizes Clara Carvalho, Mariana Muniz e Emilia Rey no elenco. A inspiração para o texto de Genet foi um caso real ocorrido na França, o das irmãs Papin, que mataram a patroa e sua filha em 1933.

Pegue a Chave VilaMundo para ver "As Criadas" com 40% de desconto. A promoção, não cumulativa e sujeita à disponibilidade de lugares, é válida para ingressos individuais comprados na bilheteria do teatro até 30 minutos antes do início da peça.

Créditos: Divulgaçao

"Uma Peça por Outra"

No dia 24/01, estreia "Uma Peça por Outra", que ficará em cartaz até 08/02 às quartas e quintas feiras, às 20h30, e de 17/02 a 15/04 aos sábados, às 20h30, e domingos, às 19h.

"Uma Peça por Outra" apresenta esquetes curtas que satirizam a comunicação e as convenções teatrais. Cada história brinca de forma criativa e divertida com as questões mais críticas da comunicação humana, ou a falta dela. Trata-se de um "pot-pourri" das peças curtas de Jean Tardieu, multipremiado dramaturgo francês e expoente do Teatro do Absurdo ao lado de  Ionesco, Beckett e Pinter.

Para assistir a "Uma Peça por Outra" com 40% de desconto, pegue a Chave VilaMundo, lembrando que a promoção, não cumulativa e sujeita à disponibilidade de lugares, é válida para ingressos individuais comprados na bilheteria até 30 minutos antes do início do espetáculo.

A terceira peça do Grupo Tapa no Festival Que Absurdo! é "A Cantora Careca", em cartaz de 16/02 a 14/04, às sextas, às 20h30, e aos sábados, às 19h. "A Cantora Careca" é considerada a primeira  obra da corrente batizada como Teatro do Absurdo.

Escrito em 1949 pelo francês Eugène Ionesco, o texto é irônico, com diálogos absurdos que levam à total impossibilidade de comunicação entre os seis personagens.  Em uma das cenas mais conhecidas, dois estranhos conversam sobre a vida, onde moram, seus filhos, e, por fim, descobrem que são casados. A direção da montagem é de Eduardo Tolentino de Araujo.

Pegue a Chave VilaMundo para ver "A Cantora Careca" com 40% de desconto. A promoção, não cumulativa e sujeita à disponibilidade de lugares, é válida para ingressos individuais comprados na bilheteria do teatro até 30 minutos antes do início do espetáculo.

 *O VilaMundo é uma iniciativa do Instituto Acqua em parceria com o Catraca Livre e a Cuponeria.

Sobre nós

O VilaMundo é uma iniciativa do Instituto Acqua, em parceria com o Catraca Livre e a Cuponeria.