Comédia de sucesso da Broadway, 1 Milhão de Anos em 1 Hora, ganha versão brasileira de Marcelo Adnet e a direção de Cláudio Torres, com atuação do humorista Bruno Motta num espetáculo de ritmo alucinante em 15 quadros, da era das cavernas ao Facebook. Vários personagens, sotaques e regiões são apresentadas nesta comédia que viaja pelo mundo e pelo tempo. De Sócrates ao Big Brother, da idade da pedra ao Facebook, o espetáculo é sucesso de crítica e público.

Créditos: Divulgação

Bruno Motta

Com nova temporada no Teatro Gazeta, a peça fica em cartaz de 12 de maio até 10 de junho, aos sábados (R$80) e domingos (R$70), às 20h. Parceira da Chave VilaMundo, a peça oferece 50% de desconto para os nossos leitores! É só você comprar um ingresso inteiro na bilheteria do teatro e apresentar o cupom online.

Pegue o seu cupom aqui.

TIME DE PESO

Créditos: Divulgação

Marcelo Adnet, Bruno Motta e Cláudio Torres.

A peça conta com a atuação de Bruno Motta que é um dos mais premiados humoristas da sua geração tem considerável histórico no humor televisivo: redator de humor da TV Globo, comentarista de humor do Jornal da Record News e foi ainda um dos autores do sucesso Furo MTV, onde também desempenhava os papéis de repórter e colunista. Na direção está Claudio Torres, criador do grupo Comédia em Pé, o primeiro de stand up comedy no Brasil já visto por mais de 1 milhão de espectadores em dez anos em cartaz. O texto ficou por conta co Marcelo Adnet, um dos humoristas brasileiros mais conhecidos pelo público e que atualmente é apresentador do programa Ta no Ar, na Rede Globo.

A HISTÓRIA POR TRÁS DO ESPETÁCULO

A História do Mundo nunca foi tão engraçada - desde que vista de longe. A concepção original de Jerry Seinfeld (tido como o comediante solo mais famoso do planeta) pode ser notada pela construção ácida e minimalista em detalhes que até então passariam despercebidos.

A peça, contada em um ato, estreou na Broadway em 2010 com o título “Long Story Short”, de Colin Quinn e direção original de Jerry Seinfeld, considerado um dos maiores comediantes de todos os tempos. Concebido como um espetáculo simples, um one man show recontando fatos históricos, tornou-se logo um grande sucesso, sendo visto por mais de 1 milhão de espectadores em 10 cidades americanas. Em cartaz no ano de 2010 no lendário Helen Hayews Theather, fez turnê pelos Estados Unidos e chegou ao Brasil, onde viajou por vários estados e fazendo grandiosas temporadas no Rio e São Paulo.

Bruno assistiu ao espetáculo original duas vezes na Broadway, antes de conseguir os direitos. Através de amigos em comum, comediantes do Comedy Cellar, fez o contato via twitter e conheceu Colin Quinn nos bastidores do clube. O trio criativo - Bruno Motta, Cláudio Torres Gonzaga e Marcelo Adnet se reuniu várias vezes para manter as piadas e mudar o ponto de vista, escrevendo ainda um capítulo inédito na montagem sobre o Brasil acompanhado pelo autor original. A adaptação levou 6 meses, mais 3 meses de ensaios e a versão brasileira é a primeira montagem do espetáculo fora da Broadway.

Sobre nós

O VilaMundo é uma iniciativa do Instituto Acqua, em parceria com o Catraca Livre e a Cuponeria.